O partido do Brasil

Notícias

Rodovia estadual que liga Maiquinique e Itapetinga continua com péssimas condições

Mesmo com protestos e queixas de motoristas desde o ano passado, a rodovia BA-130 continua com péssimas condições de trafegabilidade, especialmente no trecho entre os municípios de Maiquinique e Itapetinga. Os problemas vão desde a falta de sinalização até as crateras que, além de provocarem danos nos veículos, colocam em risco quem trafega pela estrada.

A rodovia é de extrema importância para a população da região, pois é utilizada para o escoamento da produção agropecuária e é o principal meio de acesso a Maiquinique. “Os ônibus intermunicipais, por exemplo, utilizam a BA-130 para chegar a Maiquinique. Não é de hoje que esta estrada está em péssimas condições, e nada é feito”, reclama o ex-deputado Heraldo Rocha (Democratas).

Diante da situação, moradores de Maiquinique que precisam se deslocar a Vitória da Conquista, especialmente por questões relacionadas à saúde, estão utilizando outro trajeto para fugir da BA-130. A rota alternativa passa pelos municípios de Potiraguá e Itarantim, obrigando os motoristas a trafegarem cerca de 80 quilômetros a mais.

Essa rota é utilizada especialmente por ambulâncias que transportam pessoas operadas. Os buracos na via representam um risco para os pacientes, uma vez que o excesso de tombos provocados pelas crateras pode causar problemas no pós-operatório.

Os problemas na BA-130 são antigos. No ano passado, motoristas chegaram a organizar uma força-tarefa para tapar por conta própria buracos na rodovia. A Pesquisa CNT Rodovias de 2017 classificou as condições gerais da BA-130 como ruins.