O partido do Brasil

Notícias

Apoio à Previdência Justa é prova de debate maduro desenvolvido na Câmara, afirma líder Elmar Nascimento

O líder do Democratas, deputado Elmar Nascimento, afirmou há pouco que o aumento do apoio popular às mudanças nas regras para a aposentadoria, como mostra pesquisa Datafolha, é fruto do debate no Legislativo. “O debate maduro sobre o tema na Câmara fez os brasileiros entenderem a necessidade das mudanças na Previdência”, declarou ele. Por outro lado, Nascimento afirmou que o governo errou no início da discussão, pois “quis tratar de forma igual os desiguais”.

“Se tivéssemos sido chamados para discutir o tema, o governo sequer teria mandado a proposta de mudança no BPC e na rural, de desconstitucionalização e capitalização. Sem estes temas, a oposição teria perdido parte do discurso e a conclusão do debate poderia ter sido antecipada”, ponderou o líder do Democratas. Ele lembrou que estes tópicos sofreram correções durante a tramitação na Câmara. Outra modificação foi no sentido de suavizar a etapa de transição para concessão das aposentadorias. Estas mudanças possibilitaram o avanço do texto no Congresso.

Nascimento criticou ainda a postura da oposição quando esta se limita a falar mal da reforma, acionando o “kit obstrução”. O deputado disse que não basta reclamar, sem propor uma alternativa viável: “Se a oposição discorda, qual é a alternativa? Se não concorda com o que estamos propondo, tem de oferecer uma alternativa, porque o País está numa encruzilhada: ou se faz a reforma ou teremos a quebradeira do sistema previdenciário e a falência completa da economia”.

A expectativa é de avanço na discussão do tema no Plenário. O Democratas defende que a Previdência Justa, sem privilégios, permita a economia de R$ 1 trilhão nos próximos anos. Aumentou de 41% para 47% o apoio da população brasileira à reforma da Previdência nos últimos três meses, segundo Pesquisa Datafolha. A rejeição à medida caiu de 51% para 44%.