O partido do Brasil

Notícias

“Há grande possibilidade de que nosso nome seja um consenso no grupo”

Por Osvaldo Lyra e Paulo Roberto Sampaio, Tribuna da Bahia

Otimista, o vice-prefeito de Salvador, Bruno Reis (Democratas), disse, em entrevista exclusiva à Tribuna, que o seu nome pode ser um consenso no grupo para disputar a sucessão do prefeito ACM Neto (Democratas) em 2020. “O que eu sinto, por onde tenho andado, diante de uma relação que a gente construiu na nossa vida pública, com todos os integrantes do nosso partido Democratas e de alguns aliados, é que lá na frente, possivelmente no ano que vem, é que há uma grande possibilidade de que nosso nome seja um consenso no grupo para uma disputa na condição de candidato a prefeito de toda a base”, declarou. Bruno Reis disse que há outros políticos na base do prefeito que podem concorrer pelo Palácio Thomé de Souza, mas evitou citar nomes. Sobre o presidente da Câmara de Salvador, Geraldo Júnior (SD), disse que vê-lo como aliado e não como ameaça para 2020. Para Bruno Reis, a briga para quem será o vice na sua chapa é um sinal de que está no caminho certo. “Ninguém quer ser vice de quem eventualmente não vai ter chance de vencer as eleições. É óbvio que ninguém está em campanha. Ninguém está focado na eleição. O foco é a gestão. O foco é administrar a cidade, que tem problemas e necessidades urgentes”, ressaltou. Leia toda entrevista clicando aqui.