O partido do Brasil

Notícias

Propostas de Zé para a Segurança!

A Bahia lidera as estatísticas de criminalidade no país. Nos últimos anos, a taxa de homicídios cresceu 98% e as organizações criminosas tomaram conta do estado. Todos os dias percebemos que a violência só cresce. Quatro das cinco cidades mais violentas do Brasil estão na Bahia e a própria polícia vive com medo, pois os criminosos estão muito armados e bem equipados. Estamos vivendo uma verdadeira guerra, do jeito que está não dá pra ficar. Conheça algumas das propostas de Zé Ronaldo para acabar com a insegurança na Bahia de uma vez por todas!

1 – Tratar a Segurança Pública como prioridade, aumentando o investimento na área.

O atual governo gasta mais em propaganda do que em segurança e isso é inaceitável. A proteção da vida das pessoas é algo que precisa ser tratado com total atenção e empenho. Segurança, assim como saúde e educação, será prioridade no governo de Zé.

2 – Aumentar o Efetivo Policial.

O número de policiais que existem na Bahia, hoje, não é suficiente para garantir a segurança da população. Quase 200 cidades sequer têm Polícia Civil. Muitas outras não contam com uma delegacia. É preciso ter muito mais policiais nas ruas, fazendo ronda e prontos para combater o crime. Isso vai facilitar a repressão às quadrilhas organizadas e também evitar ocorrências.

3 – Qualificar a Polícia, dando treinamento adequado e melhores salários.

Além de armas e equipamentos, é preciso investir no fator mais importante na segurança pública: o policial. Eles precisam receber treinamento adequado, bons salários e sentir que estão preparados para enfrentar qualquer situação. Durante o governo atual, o número de mortes de policiais em ação aumentou consideravelmente. Isso é lamentável! No governo de Zé, a polícia será valorizada e tratada com respeito e dignidade.

4 – Investir em equipamentos modernos e tecnologia para a Segurança Pública.

Quando a polícia está bem equipada, é possível ter uma resposta rápida, aumentando a sua eficácia e evitando que crimes cheguem às últimas consequências. É preciso que a polícia esteja mais bem preparada e armada do que os bandidos. A tecnologia também funciona como uma forma de evitar ocorrências. Câmeras de segurança, por exemplo, reprimem a ação do crime, já que o indivíduo se sentirá acuado e em risco de ser filmado e preso. As investigações através da internet também serão intensificadas.

5 – Criar Unidades Policiais de Resposta Rápida, preparadas para atender ao cidadão com rapidez.

Muitas vezes um chamado para a polícia demora horas até ser respondido. Por essa razão, acontecem crimes e até mesmo mortes que poderiam ter sido evitados se o atendimento àquelas ocorrências fosse mais rápido. Zé vai criar as Unidades Policiais de Resposta Rápida para trazer mais eficiência no atendimento ao cidadão.

6 – Fortalecer as Delegacias Territoriais, que são as que mantém contato direto com a população.

A estrutura de muitas delegacias pela Bahia é lamentável. Em muitas faltam equipamentos básicos, como papel e até mesmo água. Zé vai melhorar as delegacias em termos de estrutura, para que o cidadão possa ser atendido de forma digna e os policiais possam estar em um local mais confortável para exercer suas funções.

7 – Criar uma força-tarefa especial para retomar territórios ocupados por criminosos e desarmar seu membros.

Hoje, na Bahia, há muitos locais que estão tomados por traficantes e facções criminosas, que se comportam como se fossem donos do local. Muitas vezes o cidadão de bem sofre e se sente acuado por saber que há um grupo de criminosos que manda em seu bairro. É preciso retomar e estabelecer a paz nesses territórios. O enfrentamento entre polícia e traficantes precisa ser feito com muita cautela para não colocar a vida de moradores em risco. Por isso, Zé vai criar uma força-tarefa especial, muito bem preparada para essa missão específica, levando segurança para as famílias envolvidas nesses locais e para os policiais integrantes das ações.

8 – Modernizar a Polícia Rodoviária Estadual para reprimir o tráfico de armas, drogas, pessoas e órgãos.

A Polícia Rodoviária Estadual precisa estar atenta e bem preparada para reprimir o tráfico entre cidades. É preciso investir em tecnologia de monitoramento e acesso a banco de dados para rastrear veículos suspeitos.

9 – Reestruturação da inteligência policial e sua plena integração com as polícias.

A inteligência policial é fundamental para combater o crime organizado, quadrilhas e facções criminosas. Ações estratégicas serão desenvolvidas para combater o crime de forma inteligente e integrada.

10 – Implantação do Projeto Viver em todas as Delegacias Territoriais.

Projeto voltado para o atendimento especializado às vítimas de crimes sexuais, envolvendo assistência social e psicológica.

11 – Investir nas unidades de policiamento ostensivo, como os Batalhões da Polícia Militar e as Companhias Independentes.

Alguns crimes só poderão ser efetivamente combatidos, em nosso estado, se contarmos com uma policia ostensiva bem preparada.

12 – Articular com o governo federal a implantação de uma penitenciária federal de segurança máxima no estado e organizar a manutenção das penitenciárias estaduais existentes.

Com o aumento exacerbado da violência em nosso estado, ao longo desses 12 anos, a implantação de uma penitenciária federal de segurança máxima é necessária. Além disso, não adianta termos penitenciárias, se não houver a manutenção desses locais. Os custos de manutenção são muito menores do que os custos de reforma, sobretudo das unidades que os governos anteriores deixaram às traças. Por isso iremos focar nesse cuidado com as unidades existentes.